Sancionada Lei sobre uso de fogos de artifício em Joinville

Nova Lei de autoria do vereador Jaime Evaristo, sobre a utilização de fogos de artifício, beneficiará principalmente os animais

O Projeto de Lei Complementar nº 525/2017 de autoria do vereador Jaime Evaristo (PSC), que proíbe em Joinville a queima de fogos de artifício em eventos com a participação de animais ou em locais a menos de dois quilômetros de locais que abriguem animais, como áreas de preservação e parques públicos, foi sancionado pelo prefeito Udo Döhler no dia 9 de janeiro.

Existe um prazo de 90 dias para a divulgação dos efeitos da lei a partir da publicação. A partir desse prazo valerão as novas regras. A proposta prevê ainda que a Prefeitura deve regulamentar a Lei Complementar, após publicada, em prazo de 60 dias.

Vereador Jaime Evaristo (PSC), autor da nova Lei sobre o uso de fogos de artifício em Joinville

O vereador Jaime Evaristo tinha essa demanda em pauta. Havia recebido inúmeras solicitações para que uma lei fosse criada. “Esta Lei vem ao encontro da preservação da vida em todas as suas formas bem como sossego público e bem-estar da população”, afirma.

A moradora do Glória, Rejane Tamanini, ama animais, e, para ela a Lei veio em boa hora. “Sou a favor da extinção dos fogos de artifício com barulho/estampido em todo território nacional em qualquer situação, não só em eventos. Tem que proibir a venda. Os animais são muito sensíveis aos barulhos de fogos e similares. O barulho deixa eles estressados, agitados, com medo e pode provocar problemas auditivos muito graves. Tive uma experiência desagradável no findar de 2008. Uma das minhas cachorras tentou passar pelo portão de alumínio com intenção de fugir, por sorte, vimos a tempo e as colocamos dentro de um dos cômodos com ar condicionado ligado”, relata ela

O Conselho Regional de Medicina Veterinária de Santa Catarina (CRMV-SC) dá algumas dicas que podem ajudar: fechar portas e janelas perto da hora da queima de fogos, aumentar o volume da música ou da televisão, não deixar o animal próximo de locais com vidros ou ainda e revestir com espuma sua casinha podem amenizar o sofrimento do animal. Outra possibilidade são os treinamentos prévios, que se forem feitos por profissionais especializados, ajudam o cão a aceitar o barulho com mais tranquilidade. Neste exercício o cão é, progressivamente, colocado em contato com sons cada vez mais altos, até se familiarizar com grandes ruídos.

Clique na imagem abaixo e baixe a nova Lei sobre a utilização de fogos de artifício em Joinville.:

 

Multas

Quem descumprir a nova legislação estará sujeito a multas de 5 a 50 Unidades Padrão do Município (UPMs), o que corresponde de R$ 1.435 a R$ 14.353, e à interdição da atividade até que se cumpram os requisitos da nova legislação. A fiscalização será responsabilidade da Prefeitura.

De autoria do vereador Jaime Evaristo (PSC), o projeto de lei acrescenta dispositivos ao Código de Posturas do Município (LC 84/2000) para estabelecer as novas regras para queima de fogos de artifício.

Verificar também

Inscrições abertas para cargos temporários na Prefeitura de Joinville

0 Inscrição: Processo Seletivo de Edital nº 001-2019-SGP, para provimento de cargos em caráter temporário, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.