Adolescente aplicava golpe ao se passar como fiscal do Procon em Joinville

Jovem alegava aos comerciantes que o código do consumidor estava defasado para vender um novo exemplar por preço acima do normal 

O adolescente foi apreendido na tarde dessa quarta-feira (7) em um comércio no bairro Glória, após o proprietário ligar para o Procon e relatar o fato. Ao ser apreendido, o menor estava com R$ 100, proveniente da venda dos exemplares do Código do Consumidor.

Segundo o delegado Luis Felipe Fuentes, da 3ª Delegacia de Polícia Civil, os estabelecimentos comerciais eram visitados pelo jovem, e com crachá de consultor, dizia-se fiscal do Procon e apontava irregularidades com o código do consumidor para poder vender outro exemplar por R$ 50.

“Ele praticamente coagia as vítimas para comprar o novo exemplar, que muitas vezes é distribuído gratuitamente ou por valores bem menores”, afirma Fuentes.

Na delegacia de polícia, o jovem alegou que não era representante do Procon, que somente ia aos locais para vender o exemplar aos comerciantes. Entretanto, a polícia apurou que o adolescente ia ao comércio e se apresentava como fiscal e fazia vistorias no local, solicitava o CNPJ e que para garantir os direitos do consumidor, poderia autuar o estabelecimento se encontrasse algo em desacordo com o código.

Ainda no depoimento ele também disse que acredita existir um homem na cidade que se passa por fiscal do Procon, mas que ele só trabalhava vendendo o documento, informou o delegado.

Segundo o gerente do Procon, Kleber Degracia, houve diversas denúncias de alguns comerciantes da cidade, relatando o fato. O menor fornecia um novo livro por preços muito acima do praticado e que o comerciante, ao adquirir o novo exemplar, não seria mais autuado. O Procon alerta que não há qualquer cobrança de valores pelo código. Joinville possui três fiscais que vistoriam os estabelecimentos da cidade, e, que usam crachá e colete de identificação.

Verificar também

Fogos de artifício furam telhas da quadra de esportes no Osvaldo Aranha

0 Alunos são prejudicados com conduta de moradores em lançar fogos de artifício no telhado …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.